Nove Erros Que Donos Cometem Na Hora De Tomar conta Dos Cachorros

18 Feb 2018 02:30
Tags

Back to list of posts

Dizem que o cachorro é o melhor camarada do homem. Com finalidade de muita gente, é muito mais que isto. Quem tem cão costuma cuidar os bichos como filhos e tenta educá-los da melhor maneira possível. A dificuldade é que, algumas vezes, alguns erros dos humanos passam despercebidos e acabam por atrapalhar bastante o desenvolvimento dos dos animais. Entrevistamos Rodrigo Caldarelli, zootecnista e adestrador da franquia especializada Cão Cidadão, pra suspender quais são os principais erros que os donos cometem na hora de cuidar de seus cachorros.Antes de espalhar o que descobrimos, vale lembrar que modo canino não é uma ciência exata e, no fim das contas, cada cachorro é único. Se essa tabela não acudir no teu caso, procure um profissional da área. Cena clássica de filme: o cachorro na coleira sai arrastando o dono desesperado, que acaba trombando na mocinha, dando início a um romance.Se no video a cena é divertida, pela existência real não é bem desse jeito - e a culpa de ser arrastado é do próprio dono. O dono, sem ansiar, ensina que é puxando que o cão tem acesso à arvore, a outra pessoa ou a outro cachorro. O cachorro trabalha muito com liga: se eu puxo e chego em tudo que eu pretendo, deste jeito eu irei continuar puxando", explica Rodrigo.Como evitar a dificuldade: Você deve ensinar o cachorro a caminhar com a coleira frouxa. O cão tem que apreender que, com a guia curta, esticada, ele não vai ter acesso a nada", diz o especialista. Caldarelli oferece alguns exemplos: se o cachorro começar a puxar muito pra entrar até uma árvore, você pra até a guia ficar frouxa mais uma vez. Liberação de "hormônios da felicidade" Ingestão de água em excesso Ela não poderá ganhar calorias muito, senão não voa. Peso ela diariamente antes da refeição 3 Comportamento e ecologia 3.1 Dietais?npsrHjCapWaEJg2yAiuoUKIn4UXW9Pr6YHndJAIEYY4&height=219 Aí você caminha em direção a árvore. Se o cachorro retornar a puxar, você pra de novo e repete o recurso até chegar à árvore com a guia frouxa - isto auxílio o cão a perceber que ele não precisa te puxar para chegar onde quer. Caminhar em zigue zague também é uma bacana ideia.Deste jeito, o cão começa a prestar atenção no dono e no lado que ele está indo", completa Rodrigo. Contudo é necessário tomar cuidado pra fazer tudo isto sem potência, para não esganar o cachorro. No momento em que o bicho fizer da forma correta, você podes recompensá-lo com um brinquedo ou carinho", explica.Alguns veterinários e praticantes de um padrão mais usual de adestramento recomendam que você só inicie a educação dos filhotes a partir dos 6 meses. Ocorre que o cachorro imediatamente começa a entender desde que nasce. No começo, a melhor instrutora é a mãe dele. Mas em que momento ele chega à sua residência, o cãozinho já está aprendendo. Dos 2 aos quatro meses, inclusive, é o instante em que o cachorro mais aprende e grava associações", explica o adestrador.A ideia de diversos donos de só adestrar depois dos 6 meses pode fazer com que o filhote pegue muitos vícios, como roer móveis ou latir muito se ficar sozinho. Depois, fica mais complicado de endireitar este comportamento errado. Como impossibilitar o problema: "Se você quer um cachorro mais educado e sem vícios de jeito errado, uma sensacional ideia é começar o adestramento neste período entre dois a quatro meses, logo que o filhote chegar" alega Caldarelli.Com um cachorro tão novinho, usa-se o procedimento do adestramento inteligente, com reforço afirmativo, estímulo de bons comportamentos e associações positivas. Essa técnica vem do adestramento convencional. Apesar de parecer meio absurda, é muito usada, principalmente por causa de funciona com alguns cachorros de temperamento forte, que não se intimidam com broncas.No entanto na maioria das vezes não apresenta certo", comenta o especialista. Segundo Rodrigo, ao ouvir bronca por fazerem as necessidades no recinto incorreto, alguns cachorros irão continuar com horror do dono. E, pela próxima vez, vão fazer no recinto incorreto do mesmo jeito, mas escondido. Ou pior: o cachorro pode captar a bronca como uma maneira de atenção que o dono apresenta pra ele: "O cachorro pensa: ‘quando eu faço no recinto certo ninguém olha pra mim. Entretanto, quando faço no território incorreto, chamo atenção’, pois passa a valorizar a bronca", analisa.Como evitar o defeito: Toda vez que o cachorro fizer xixi no território certo, é necessário recompensá-lo. Além do instinto, que o atrai a fazer no mesmo local pelo cheiro, ele cria uma associação positiva, visto que ganhou uma coisa por fazer xixi onde o dono quer. E também recompensar o acerto, é preciso descartar completamente o defeito. Não diga, não encontre, não limpe pela frente dele.Deixe o cão em outro cômodo durante o tempo que limpa a bagunça", sugere Rodrigo. O adestrador bem como ensinou técnicas como treinar o cachorro a fazer as necessidades no local direito. Para o cachorro que acabou de voltar, podes ir liberando a moradia ao poucos. Continue o pet em um só cômodo, como a área de serviço, com o território 80% coberto de jornal.

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License